Liturgia Diária

Notícias › 18/07/2017

São Paulo terá um novo Santuário de Schoenstatt

Um novo Santuário dedicado a Mãe Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt será em breve inaugurado na região metropolitana de São Paulo. O templo, que já é visto como futuro lugar de oração e peregrinação, além de um centro de espiritualidade, está sendo construído no município paulista de Caieiras.

A inauguração do novo Santuário será em 17 de setembro próximo, às 10h. Na ocasião, pessoas de várias regiões do Brasil e de outros países acompanharão tanto fisicamente quanto espiritualmente a consagração da igreja, que será presidida pelo bispo de Bragança Paulista, Dom Sergio Colombo.

Este é o quarto Santuário da Mãe e Rainha construído no Estado de São Paulo. Atualmente há dois templos na capital (Vila Mariana e Jaraguá), um em Atibaia e um em Araraquara.

São a partir desses centros que saem as imagens da Mãe Peregrina, que tem a missão de visitar inúmeras famílias pelo país como um sinal concreto de uma Igreja em saída.

No total, aproximadamente 45 mil imagens circulam entre as famílias do Estado, alcançando mais de 1 milhão e 200 mil casas em São Paulo.

“Um Santuário, como o que estamos preparando em Caieiras é sempre uma referência, um ponto de encontro, de comunhão com a Mãe de Jesus. Ele traz aproximação das pessoas, criam-se laços. As pessoas percebem que elas não estão sozinhas, que têm sempre uma referência”, afirmou Dom Sergio Colombo, que acrescentou: “aprendemos que Ela nos leva a Jesus, essa é a função do Santuário: levar as pessoas, com a Mãe, até Jesus, porque ele é nossa vida e nossa salvação, é ele que se encarnou e deu a vida por nós”.

Em todo o Brasil existem 22 Santuários de Schoenstatt – sendo o de Caieiras o 23º – que são frequentemente visitados por diversos fiéis.

Nesses templos, o público costuma receber as três graças especiais derramadas pela Mãe e Rainha: o abrigo espiritual, a transformação interior e o envio missionário.

Para o pároco local de Caieiras, Padre Pio José Braga da Silva, o Santuário de Schoenstatt na cidade paulista “será um lugar de bênçãos, de acolhida”, no qual “vão chegar muitos corações destruídos e que necessitam de uma palavra, de um consolo, de conforto – eles buscam o colo, o coração da Mãe, para chegar ao Filho. É essa Mãe que vai restaurar o coração, a vida e iluminar o nosso coração”. (LMI)

Por Gaudium Press, com Movimento Apostólico de Schoenstatt

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.