Notícias › 10/01/2017

Pós-Graduação em Acompanhamento de Adolescentes e Jovens

A formação no acompanhamento de jovens tem sido destaque do trabalho da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) nos últimos anos, desde a realização da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro, em 2013. A partir deste ano, é oferecida uma nova plataforma formativa com a Pós-Graduação em Acompanhamento de Adolescentes e Jovens, em parceria com a Universidade Salesiana de São Paulo.

“Queremos com esse curso formar uma rede de acompanhantes de adolescentes e jovens nos 18 regionais da CNBB. Assim a Pastoral Juvenil poderá se fortalecer no atendimento dos adolescentes e jovens. Esses adultos capacitados poderão preparar todos agentes de pastorais que trabalham em nossas dioceses do Brasil”, comenta o assessor da Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB, padre Antônio Ramos do Prado.

A construção de estruturas de acompanhamento dos jovens está entre os três eixos do projeto de evangelização da juventude proposto pela CNBB, o qual ainda aborda a missão e a assessoria. Entre as pistas de ação definidas pelo Encontro de Revitalização da Juventude, ocorrido em dezembro de 2013, havia o objetivo de “estimular os responsáveis pelo acompanhamento da pastoral juvenil a estudar os materiais existentes sobre juventude, por meio de Escolas de Formação”.

A Pastoral Juvenil da CNBB, naquele mesmo ano, lançou o curso de extensão universitária em Acompanhamento de Adolescentes e Jovens à distância com seminário presencial. Formou mais de 600 pessoas, de acordo com a Comissão.

A Pós-Graduação em Acompanhamento de Adolescentes e Jovens visa capacitar pessoas para trabalhar nos diversos cenários da Igreja e da sociedade. “O foco principal da formação está nas disciplinas da área da Teologia e Psicologia. Ao mesmo tempo os alunos passam por laboratórios e estudo de casos relacionados aos adolescentes e jovens”, explica padre Antônio. Os encontros desta modalidade formativa acontecem sempre nos primeiros 15 dias de janeiro, em São Paulo (SP). Neste ano, a primeira turma conta com 23 alunos, entre padres, religiosas e religiosos, seminaristas e leigos das cinco regiões do Brasil.

A Comissão para a Juventude informa que serão abertas novas turmas todos os anos. No site www.jovensconectados.org.br será possível acompanhar informações para matrículas.

Por CNBB

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.