Notícias › 18/11/2016

Arquidiocese de Milão divulga programação da visita do Papa

A arquidiocese de Milão divulgou ontem, 17, o programa oficial da visita do Papa Francisco à cidade em 25 de março de 2017. Do encontro com famílias da periferia ao Angelus na Piazza del Duomo, do almoço com detentos à missa campal em Monza: os detalhes foram apresentados pelo Cardeal Angelo Scola em coletiva de imprensa.

O Pontífice parte do aeroporto de Ciampino de Roma às 7h10 locais de 25 de março para chegar em Milão uma hora depois. Francisco será recebido no aeroporto de Linate pelo Card. Scola e representantes institucionais.

A primeira etapa do programa acontece na periferia onde está localizada a Paróquia de São Galdino. Papa Francisco vai visitar duas famílias que vivem em casas populares para, em seguida, na praça do bairro Forlanini, encontrar mais residentes e também famílias constituídas por imigrantes, ciganos e islâmicos. “Essa é uma região que viu a primeira explosão periférica de Milão nos Anos 70 e vive bolsões de exclusão. Decidimos levá-lo ali realmente porque é próximo do bairro Forlanini”, comentou o Card. Scola.

Papa reza Angelus na Piazza del Duomo

A visita pastoral continua na Catedral de Milão, a quarta maior igreja da Europa e a quinta do mundo, onde Papa Francisco encontrará sacerdotes e consagrados. Em seguida, deve se deslocar até uma das capelas onde descansa o corpo de São Carlos Borromeo para adoração ao Santíssimo Sacramento e veneração às relíquias do padroeiro dos catequistas. Às 11h locais está previsto o Angelus, oportunidade em que os fiéis milaneses serão abençoados pelo Santo Padre na Praça Duomo.

Conforme o programa anunciado pelo Card. Scola, a visita terá prosseguimento no presídio San Vittore onde o Pontífice deverá permanecer por cerca de duas horas. Além de encontrar detentos nas próprias celas, Papa Francisco irá almoçar na companhia de 100 presos.

Missa campal em Monza para até um milhão de fiéis

No início da tarde, o Santo Padre se desloca até Monza, a 15 quilômetros de Milão. Às 15h locais está prevista uma missa campal a ser celebrada no antigo espaço do hipódromo do Parque da Vila Real para uma multidão estimada de até um milhão de fiéis.

O local escolhido é um dos maiores parques urbanos e históricos da Europa. O próprio autódromo nacional, um dos mais importantes e prestigiosos do circuito automobilístico mundial, fica dentro do Parque de Monza. “O anúncio do Cardeal Scola é motivo de alegria e orgulho para todos”, comentou o prefeito de Monza, Roberto Scanagatti.

Antes de voltar ao Vaticano no mesmo dia, 25 de março, Papa Francisco encontrará um grande grupo de crismados, pais, padrinhos e madrinhas no estádio San Siro de Milão. O voo de retorno está previsto para o final da tarde, às 18h30 locais, para chegar em Roma uma hora depois.

Por Canção Nova, com Rádio Vaticano

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.