Rua Polignano A’Mare, 51 - Brás
Cep: 03005-040 - São Paulo, SP

Secretaria
Artigos › 08/12/2017

A mulher Imaculada, ícone do sonho de Deus

A Marialis Cultus, Encíclica do Bem Aventurado Paulo VI, nos ensina que o Advento é o tempo litúrgico mais adequado para compreender a missão de Maria na história da salvação. De fato, quando, no dia 8 de dezembro, celebramos a solenidade da Imaculada, desponta a luz divina que preanuncia já o Natal. A alegria transbordante pela Imaculada Conceição recria em nós a esperança de um mundo transparente e pleno da beleza da Mãe Puríssima.

O Projeto do Pai nos surpreende com o fascínio inédito da graça, tão presente e atuante em Maria, sua Filha Predileta. Podemos, em expectativa jubilosa com os pastores, os pequenos e os pobres da terra, aguardar a Noite Feliz do Nascimento do Salvador. Da raiz de Jessé brota flor mais linda e formosa da humanidade, a Nova Eva restauradora do Plano original, de uma família reunida e reconciliada pela misericórdia divina. Por isso, compartilhamos esta poesia do educador Alfonso Francia: Alguém se aproxima de ti e é frustrado? Não há escravo que não libertes. Não há Noite que não ilumines. Não há enfermo que não visites. Nem Cana onde não te faças presente. Não há calvário onde não estejas junto à Cruz. Ou sepulcro onde não supliques pela ressurreição. Vendo-te entendo melhor, amo melhor a Jesus.

És a cópia feminina do Evangelho, resumida, mas compreensível. É como se o Evangelho com teu envoltório, tivesse mais êxito. Os sábios te vêem e pensam em Jesus. Os simples vêem a Jesus e pensam em ti. Com a visão grandiosa do fulgor da Imaculada, com a pureza dos simples e pequenos, vamos caminhando rumo a Belém, a Casa do Pão e da Justiça, para encontrar o Deus Conosco, o esperado das Nações, o Menino Deus que trás vida plena para todas as pessoas e criaturas. Deus seja louvado!

Por Dom Roberto Francisco Ferreria Paz – Bispo diocesano de Campos

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.